Publicidade

Nova edição da Revista Gestão Pública já está no ar

Já está no ar a 13ª edição da Revista Gestão Pública PE, publicação trimestral editada pelo Instituto de Gestão Pública de Pernambuco, vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). O novo número traz diversos conteúdos voltados aos novos prefeitos que assumem a partir de 1º de janeiro, começando por uma entrevista com o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski. Ele fala sobre a origem do movimento municipalista, sobre a questão da autonomia, sobre a situação atual das prefeituras em meio à crise econômica e sobre a necessidade de um novo pacto federativo, entre outros temas.

Na seção Conta Certa, os consórcios municipais são apresentados como uma alternativa viável para a oferta de serviços públicos de forma conjunta por várias prefeituras. O artigo do economista e consultor Laércio Queiroz fornece um passo a passo de como fazer um consórcio público, unindo dois ou mais entes da federação (União, estados e ou/municípios), definindo um pacto de trabalho associativo e de interesse comum. No Brasil, já são quatro mil municípios consorciados atuando conjuntamente em áreas como saúde e resíduos sólidos.

A nova edição também apresenta uma nova abordagem para resolver problemas com foco no ser humano, o Design Thinking, entendida como uma saída inovadora para o desenho de serviços públicos. A inovação, aliás, é apontada como caminho para melhorar a vida dos cidadãos em um artigo assinado pela especialista do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Maria Inés Vásques. O texto apresenta o concurso Gobernarte – El Arte Del Buon Gobierno, que já premiou o Programa de Soluções Integradas da Junta Comercial de Pernambuco e o Pacto pela Vida.

Outro desafio que a publicação coloca para os prefeitos eleitos e reeleitos é a gestão do patrimônio histórico, artístico e cultural, assunto da seção Estratégia. O grande nó para os novos gestores será atualizar as legislações, pois muitas delas ainda são do final da década de 1970. Na seção Cine, a Revista Gestão Pública PE traz uma resenha sobre o filme Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, que também trata da preservação da memória das cidades.

“Nossa ideia com essa edição é apresentar alguns conteúdos inovadores que possam contribuir de alguma forma para a melhoria das novas gestões municipais”, diz o secretário executivo de Desenvolvimento do Modelo de Gestão da Seplag-PE, Maurício Cruz. A revista traz ainda artigos que tratam da evolução da gestão pública, da formação e liderança de equipes e de iniciativas que levam o debate sobre gestão pública para as redes sociais da internet – o portal Planejamento Público e os perfis no Instagram @eugestor e @burrocracia_criativa.

Desde a sua 11ª edição, a Revista Gestão Pública PE é disponibilizada em formato eletrônico. Além de estar disponível para ser folheada no flip e em arquivo PDF para download, a publicação também está disponível em um hotsite que permite a leitura individualizada das seções e oferece conteúdo extra: uma seção de artigos e outra para o acervo técnico. A nova edição pode ser acessada clicando aqui