Publicidade

MPPE bloqueia contas públicas de Custódia, no Sertão de Pernambuco

Do G1

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) bloqueou as contas públicas do município de Custódia, no Sertão de Pernambuco, para os pagamentos dos vencimentos dos servidores municipais, proventos dos aposentados e salários dos funcionários contratados sejam efetuados. Porém, o responsável não foi encontrado para notificação de intimação judicial, a fim de que as folhas de pagamentos sejam disponibilizadas.

O G1 procurou por telefone entrar em contato com a Prefeitura Municipal de Custódia para obter uma resposta, mas até a publicação desta matéria as ligações não foram atendidas.

O MPPE fez uma petição judicial na quinta-feira (22), uma vez que o prefeito não foi encontrado no município de Custódia, para que sejam intimados os secretários de finanças e o tesoureiro para apresentar em 12h as referidas folhas de pagamento, ou seja, até as 9h desta sexta-feira (23).

“Por não conseguir intimar o prefeito Luiz Carlos, as contas estão bloqueadas sem a possibilidade do juiz de Direito autorizar os devidos pagamentos dos salários atrasados, para evitar que esses pagamentos não sejam realizados até a volta do recesso de final de ano, o MPPE buscou outra solução de imediato”, explicou a promotora de Justiça de Custódia Katarina Kirley de Brito Gouveia.