Publicidade

Socorro Pimentel defende valorização de enfermeiros



O Dia Internacional do Enfermeiro, celebrado no dia 12 de maio, foi lembrado pela deputada Socorro Pimentel (PSL), na Reunião Plenária dessa segunda (16). A parlamentar defendeu a valorização da categoria, que vem se articulando para mobilizar o Congresso Nacional a aprovar o Projeto de Lei n° 2295/2000, de autoria do senador Lúcio Alcântara (PSDB-CE), cuja redação reduz para 30 horas semanais a jornada de trabalho de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. O PL já passou por aprovação do Senado e aguarda ser colocado na pauta de votações da Câmara dos Deputados.

A deputada citou pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), estimando que a mudança na carga horária desses profissionais beneficiaria 546 mil trabalhadores da área, o que representa 81% dos enfermeiros brasileiros. Ainda segundo o relatório, a limitação não traria grandes impactos financeiros, pois o aumento do gasto com encargos empregatícios representaria menos de 2% de incremento no custo atual com salários.

“O que a categoria pede não é privilégio, mas que se estabeleça um padrão adequado de trabalho. Hoje, muitos deles enfrentam turnos ininterruptos de serviço, convivência próxima com a dor do paciente, muita responsabilidade e pouca valorização”, explicou. Segundo Socorro Pimentel, essa realidade vem sendo responsável pelo aumento considerável da evasão profissional.