Publicidade

Prefeitura de Araripina reduz São João para 4 dias



Por Rafael Diniz 
Revista Geral 

A prefeitura de Araripina, no Sertão pernambucano, anunciou, por meio de nota, nesta quarta-feira, 04, que reduzirá, de cinco, para quatro as noites de atrações musicais em alusão ao São João. A contensão de gastos, segundo o prefeito de Araripina, Alexandre Arraes(PSB), é motivado pela condição econômica do governo municipal que "impede" a realização de eventos semelhantes à edições passadas. 

Em 2012, período no qual Alexandre Arraes substituía o prefeito, à época, Lula Sampaio — afastado pela justiça —, a cidade ofereceu 8 noites de atrações. Em 2013 e 2014 foram 6 noites de festa. No ano passado o evento ocorreu durante 5 noites. 

"Esse é um ano atípico na nossa economia, e essa crise instalada no Brasil que afeta diretamente a receita dos governos municipais já tão sofridos. E por isso, estamos fazendo vários cortes ao longo do ano para conseguir encerrar nosso mandato a frente da Prefeitura de forma digna e com responsabilidade financeira e contábil que sempre foram marcas registradas da nossa gestão," lê-se trecho da nota publicada no site da prefeitura. 

Ainda de acordo com a prefeitura, o corte no orçamento junino prevê que, serviços básicos, pagamento de salários, investimentos em infraestrutura, saúde e Educação não sofram impactos. 

"E para cumprirmos esse corte vamos reduzir o São João para 4 noites de evento, seguindo uma tendência natural de outros eventos do Brasil e da nossa própria região (Festa de Janeiro de Ouricuri, 4 dias. Festa de março de Bodocó, 3 dias. São João de Salgueiro 2016, 4 dias). Além de reduzir a quantidade de dias pretendemos incluir na nossa grade mais artistas de cunho regional, em detrimento a artistas nacionais, que possam ser subsidiadas através do governo do Estado, que tem essa prerrogativa no seu portfolio de Artistas," justifica a prefeitura.