Publicidade

Socorro Pimentel critica prefeito de Araripina por atrasar salários de professores contratados



A deputada estadual Socorro Pimentel (PSL) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa durante a Reunião Plenária de hoje (14), para criticar a administração do prefeito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB), e se solidarizar com os professores da rede pública municipal. Segundo a parlamentar, professores contratados não recebem há seis meses e, apesar disso, vêm encontrando dificuldades para dialogar com a administração. O impasse afeta 11 mil alunos, que ainda aguardam o início do período letivo.

“De forma inaceitável e irresponsável, as aulas do ensino fundamental até a presente data não foram iniciadas, pois o prefeito vem tratando os professores com total falta de respeito. É lamentável como está sendo tratada a educação do município de Araripina”, dispara a parlamentar.

Os professores do município estão em greve pleiteando melhorias das condições de trabalho, pagamentos em atraso, reajuste salarial de 15%, apresentação do calendário anual de pagamento e a realização do Plano de Cargo, Carreiras e Vencimento, além da isenção do desconto referente aos dias em que estiverem paralisados em protesto.

“Sempre tive o cuidado para não municipalizar o debate nessa tribuna nesse um ano e um mês de mandato, mas, no que diz respeito à saúde e educação, não há como nos omitirmos. Por esse motivo venho aqui relatar o que vem acontecendo no município de Araripina. Reitero solidariedade aos docentes Araripinenses que vêm sofrendo pela falta de sensibilidade e responsabilidade do prefeito da cidade”, finalizou Socorro.