Publicidade

Serra diz que não disse o que disse



Ilimar Franco - O Globo

Uma testemunha relata que o senador José Serra (PSDB) telefonou anteontem para o vice Michel Temer. O motivo: a entrevista ao jornal “O Estado de São Paulo”. O tucano afirmou que não disse o que foi registrado pelo jornal. Na entrevista, Serra impôs a receita para Temer fazer um governo de união nacional: não concorrer à reeleição, evitar se meter nas eleições municipais e nas estaduais.

Relatam que Temer teria comentado depois: “Não posso nada”. Um peemedebista comentou que Serra estaria se escalando para mandar no governo Temer. Outro aliado do presidente do PMDB divertiu-se: “Precisamos saber se eles vão deixar o Temer entrar no Palácio!”.

O líder do PSDB, Cássio Cunha Lima, anunciou ontem que o PT será chamado para integrar o governo Temer. Cobrou responsabilidade dos petistas. Meses atrás, o senador Aécio Neves dizia que o PSDB não participaria da gestão Temer.