Publicidade

Durante caravana, presidente da Codevasf destaca atuação da empresa no Projeto São Francisco



O presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Felipe Mendes, que acompanha a programação da caravana da Regional Nordeste 2, da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), destacou o papel da empresa na operação do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF).

A Codevasf será a operadora do Projeto São Francisco quando a obra – considerada a maior realizada pelo governo federal no Nordeste – for concluída e entregue pelo Ministério da Integração Nacional. Ao todo, cerca de doze milhões de pessoas em quatro estados (Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco) serão beneficiadas.

“A tradição da Codevasf está sobretudo na área de irrigação e agora foi incumbida pelo governo federal para realizar a operação deste projeto de transposição, ou seja, vai trazer a água do São Francisco por canais até chegar às residências de 12 milhões de pessoas no Rio Grande do Norte, na Paraíba, em Pernambuco e no Ceará. Esta é mais uma grande missão da Codevasf e quero transmitir que a Companhia também neste caso vai se desincumbir com eficiência e responsabilidade”, afirmou Felipe Mendes em entrevista. 

A comitiva será composta por representantes da igreja católica, organizações da sociedade civil, universidades e representantes do governo federal, dos ministérios da Integração Nacional, do Meio Ambiente, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Desenvolvimento Agrário, além de técnicos do Dnocs – Departamento Nacional de Obras Contra as Secas.

A caravana da CNBB já passou pelo município de Itajá, no Rio Grande do Norte, onde visitaram a Barragem Armando Ribeiro; pelo município paraibano de São José de Piranhas, onde conheceram a Barragem Engenheiro Ávidos – conhecido como Boqueirão; pelo estado do Ceará, onde visitaram o Açude Jati e o Canal Eixo Norte, no município de Jati; no Ceará, a caravana também passou por algumas vilas produtivas.

Nesta quarta (02), o grupo esteve em Salgueiro, no estado de Pernambuco, onde visitaram a Estação de Bombeamento da água do Velho Chico. A viagem termina na quinta-feira, com uma missa na Catedral, na cidade de Salgueiro, e com um momento de diálogo com representantes da sociedade civil, órgãos públicos, envolvidos com o Projeto de Integração das Bacias e representantes do assentamento Baixa Verde (de Jati-CE) e de uma comunidade quilombola de Salgueiro (PE).