Publicidade

Luciano e Aderval migrarão para PMDB



Revista Geral - Foto: divulgação 

O presidente da Câmara municipal de Araripina, no Sertão pernambucano, Luciano Capitão, irá trocar o PSB pelo PMDB. O parlamentar irá aproveitar a 'janela da infidelidade', prazo estabelecido pela minirreforma eleitoral que prevê que postulantes a cargos legislativos troquem de legenda sem punição, ou perca do atual mandato. O prazo para o 'troca-troca' vai até o dia 31 de março. 

Além de Luciano, o vereador Aderval Régis, atualmente no PR, também deve ingressar no PMDB. Os dois parlamentares compõe o bloco independente na Câmara de Araripina, formado por 4 vereadores.

Luciano e Aderval visitaram, nesta quarta-feira(02), o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, para tratar sobre filiações e discutir assuntos políticos. O vereador Sandoval Batista(PCdoB), seguiu Luciano e Aderval à reunião, que ocorreu em Recife, porém, sua transferência para PMDB está descartada. Sandoval é um dos quatro integrantes da bancada neutra, completada pela vereador Camila Modesto, do PTdoB.  

Ao Revista Geral, Luciano Capitão afirmou que a cerimonia de filiação dele e de Aderval Régis ao PMDB deve acontecer em Araripina. No ato, devem comparecer o vice-governador Raul Henry e o deputado federal Jarbas Vasconcelos(PMDB-PE). 

O PMDB já oficializou publicamente que terá candidato a prefeito no município de Araripina.

O diretório municipal da legenda é presidido em Araripina pelo ex-prefeito do município, nos anos 80, Valmir Lacerda, que é pai do atual vice-prefeito, pelo mesmo município, Valmir Filho(PMDB), cotado a postulante da sigla à cadeira de chefe-municipal nas eleições deste ano. 

Valmir Filho se filiou ao PMDB em março de 2015 e rompeu com o prefeito Alexandre Arraes(PSB) sete meses depois, em outubro, após a Operação Paradise. O vice na chapa peemedebista em Araripina segue indefinido.