Publicidade

Só 27 municípios pernambucanos cumpriram a LRF em 2015

Mário Flávio

Apenas 27 dos 184 municípios pernambucanos cumpriram em 2015 a Lei de Responsabilidade Fiscal no que diz respeito a gastos com pessoal. Os dados constam de levantamento divulgado nesta quarta-feira (20) pelo Tribunal de Contas do Estado.

Segundo esse estudo, 156 dos 184 municípios pernambucanos estão acima do limite “alerta” previsto na LRF: 105 prefeituras (57% do total) extrapolaram o limite de gastos com a folha (54% da Receita Corrente Líquida) e 51 (28%) tiveram despesa com pessoal entre o limite “alerta” e o limite máximo – faixa entre 48,60% e 54% da RCL.

Um dos prefeitos que mais extrapolaram o limite foi o de Gravatá, Bruno Martiniano (sem partido), afastado em novembro último por recomendação do próprio TCE. Ele comprometeu em 2015 mais de 70% de sua receita corrente líquida com o salário dos seus servidores.