Publicidade

OAB-PE cobra esclarecimento do SINPRO

Do Jamildo

A OAB-PE, por meio da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas dos Advogados (CDAP), encaminhou na segunda-feira, dia 11, ofício para a direção do Sindicato dos Professores de Pernambuco (SINPRO), pedindo esclarecimentos quanto a um problema enfrentado pelo advogado Diego Melo de Luna junto àquela instituição.

Na última quinta-feira, dia 07, ele teve acesso negado para acompanhar uma cliente durante a homologação de sua rescisão contratual no SINPRO.

A Comissão tomou conhecimento do caso via imprensa. Até o momento não houve registro oficial em relação ao assunto, por parte do advogado Diego Melo de Luna, junto a OAB-PE.

Por isto, um ofício também foi encaminhado para ele, relatando as providências adotadas e solicitando que o mesmo, caso deseje, compareça à sala da Comissão para detalhar a ocorrência.

Assinado pelo presidente da CDAP, Antonio Faria de Freitas Neto, o documento encaminhado ao Sindicato, ressalta a possível violação das prerrogativas profissionais, previstas na Lei 8.906/1994, do Estatuto da Advocacia e da OAB.

A Comissão solicita esclarecimentos acerca do fato ocorrido e quer saber se existe proibição quanto ao acesso de advogados às dependências do SINPRO. O prazo dado para a direção do Sindicato de pronunciar sobre o assunto foi de 15 dias.