Publicidade

Câmara de Belém de Maria vai suspender pagamentos de salários a vereadores presos



Do G1 Caruaru

Os salários dos cinco vereadores presos em Belém de Maria serão suspensos e suplentes devem ser convocados para ocupar os cargos. A informação é do assessor jurídico do legislativo no município, Golberyr Lopes. “O regimento [interno] não fala sobre isso, mas inicialmente vamos suspender para a Câmara poder pagar os que estão assumindo. Como na Câmara o duodécimo é muito pequeno, não dá para pagar todo mundo”, disse ao G1.

Por telefone, o G1 entrou em contato com a Prefeitura de Belém de Maria, mas as ligações não foram atendidas. O G1 também ligou para a Câmara de Vereadores do município e foi informado que o órgão não irá se pronunciar por enquanto. Cinco dos nove parlamentares do município da Mata Sul pernambucana foram levados para o Presídio Rorenildo da Rocha Leão, em Palmares, e, de acordo com a justiça, outros três estão foragidos, são eles: Eurivaldo Goncalves Ferreira, João Antonio Sabino Gonçalves do Nascimento e José Bezerra Cabral.

Eles são suspeitos de integrar, junto ao prefeito, uma organização suspeita de desviar mais de R$ 9 milhões da prefeitura, de acordo com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

O assessor jurídico da Câmara informou também que a vice-presidente já assumiu as atividades na Casa. “Nos reunimos com a vice-presidência da Câmara, que vai a partir de agora, com a prisão vereadores – inclusive do presidente – assumir a presidência e convocar os vereadores suplentes para assumir as cadeiras daqueles que estão momentaneamente impedidos de continuar o seu mandato. A próxima reunião está marcada para o dia 3 de feveiro, próxima quarta-feira. Até lá deve estar tudo regularizado”.