Publicidade

Vereador da oposição entra com representação contra secretário da Cidade de Petrolina por improbidade administrativa

Líder da oposição na Casa Plínio Amorim, o vereador Ronaldo Cancão (PSL) entrou com uma representação junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) contra o secretário da Cidade de Petrolina, Marcello Cavalcanti, acusando-o de improbidade administrativa. A denúncia é referente à regularização do Loteamento Terras do Sul.

O vereador acusa o secretário por improbidade porque ele teria deixado de cumprir um item do artigo 4° da Lei n° 2.486/2012, que foi aprovada pela Câmara Municipal de Vereadores e sancionada pelo prefeito Júlio Lóssio. O mencionado item estabelece prazo de 60 dias para o secretário da Cidade enviar à casa legislativa a relação dos contemplados de uma área remanescente do Terras do Sul.

Outro vereador da oposição, Dr. Pérsio Antunes (PMDB), ex-aliado de Lóssio, cobrou este ano a lista com os nomes dos contemplados, mas não foi atendido.