Publicidade

Petrolina se destaca e está entre os 80 municípios que aderiram ao Consultório na Rua


Dentre os 5.570 municípios apenas 80 aderiram ao programa Consultório na Rua, e Petrolina está nessa lista de adesão. Atento aos programas e serviços do Ministério da Saúde, a gestão Julio Lossio visa sempre implementar dispositivos que ampliem a Rede de Atenção à Saúde (RAS) de Petrolina e atenda todos os públicos que demandam atendimento.

O Consultório na Rua foi implantado em março de 2015 e, até junho, foram mais de 270 pessoas atendidas com 1.125 atendimentos realizados. “Neste período conseguimos identificar 10 pontos fixos entre praças, feiras livres, posto de gasolina, orla, rodoviária e outros, onde a população de rua se concentra, mas trabalhamos também com busca ativa de novos usuários e áreas”, contou a coordenadora do serviço Sarah Fonseca.

Em apenas cinco meses de atuação, o programa já firmou parceiras importantes. “Hoje, temos a parceira dos profissionais da Residência de Medicina de Família e Comunidade do município, que é a 3ª maior do país, nela pactuamos dois dias na semana atendimento médico na rua, ou seja, no território onde está nosso público”, explicou Sarah. Outra parceria é com o Centro Pop, através da qual potencializa-se a ação do consultório, seja através do compartilhamento de casos ou da avaliação de ambos os serviços em encontros quinzenais, nos quais são compartilhadas experiências e responsabilidades.

“O programa visa dar atenção integral à saúde das pessoas que estão em situação de rua através de uma equipe multiprofissional formada por psicólogo, enfermeiro, assistente social, técnico de enfermagem e agente sociais e atende à população em situação de rua de segunda a sexta-feira de 15h às 21h. Estamos sempre atentos aos programas e projetos que oportunizem ampliação da atenção à saúde em Petrolina”, acrescentou a secretária de Saúde, Lucia Giesta.