Publicidade

PR expulsa prefeito de Santa Cruz do partido por infringir diretrizes para as eleições de 2014

Na última segunda-feira (20) o PR de Pernambuco formalizou a expulsão do prefeito do município de Santa Cruz, localizado no Sertão do Araripe, Gilvan Sirino, alegando que ele infringiu o código de ética do partido nas eleições de 2014.

Segundo informações de Cariri Filho, em comum acordo com a ex-prefeita Eliane, Gilvan apoiou para o cargo de governador o ex-senador Armando Monteiro, para confundir o eleitorado. Eliane declarou apoio a Paulo Câmara e orientou Gilvan a não fazer campanha. O partido ficou rachado no município.

De acordo com informações, a expulsão de Gilvan foi articulada pela ex-prefeita Eliane Soares, que lhe deixou uma herança maldita com débitos até o ano de 2044.