Publicidade

Lei proíbe uso de celular em locais públicos em Petrolina, PE

Do R7

Está em vigor em Petrolina, no Sertão pernambucano, uma lei que proíbe o uso de celular e aparelhos eletrônicos em estabelecimentos públicos e privados, salas de aulas, cinemas, igrejas e outros locais de convívio. A lei foi sancionada pelo prefeito de Petrolina Julio Lossio e publicada no Diário Oficial da União.

Para a auxiliar administrativo, Ingrid Freire, o barulho do celular atrapalha em algumas ocasiões. “Me incomoda na sala de aula quando o celular toca e eu tenho que deixar de prestar atenção na professora”, contou. Incômodo também para o médico Josival Mariano, que diz já ter tido consultas interrompidas pelo celular dos pacientes. “Eu acho que essa lei é oportuna, porque evita que a gente se indisponha, às vezes, para reclamar com o paciente”, explicou.

Um dos criadores da lei, o vereador Elias Jardim, explicou que os estabelecimentos deverão criar as normas e as penalidades para o uso dos aparelhos nas dependências. “Cada local criará os critérios de acordo com o que está na lei”, explicou. No documento está descrito que o estabelecimento deve fixar cartazes informando a proibição, além de adotar medidas para conscientização da lei.